17 março 2004

Muito pior do que esperava!

Ontem no IPB decorreu uma sessão pública sobre "A Nova Organização Administrstiva do Território", conforme aqui anunciei:

Uma pouca vergonha!

Após quase uma hora para ouvirmos os senhores autarcas com assento na mesa a dissecar partidariamente sobre a sua posição relativa às suas opções face às leis 10 e 11 de 13 de Março de 2003, o moderador passou a palavra ao auditório. Vários se inscreveram para se pronunciar e, para espanto de todos, o próprio moderador não respeita a ordem se inscrições e vai passando a palavra aos senhores autarcas que estavam na plateia, desrespeitando todos os cidadãos presentes que ali se deslocaram para o efeito.

Não me restou alternativa! Saí, tinha ido ao engano!

Não há forma destes senhores dos partidos conceberem que política é um acto de cidadania que a todos compete e não um feudo dos partidozitos que lhes dar albergue?

Sobre esta referida descentralização já atrás me referi, atempadamente, agora cumpre-me acrescentar o seguinte, afinal o que gostaria de ter perguntado aos autarcas:

1 - Quando é que os senhores autarcas abrirão este tema à discussão pública?

2 - Porque será que nenhum deles se sente incomodado por decidir sobre este assunto sem possuir um mandato específico para o efeito por parte dos eleitores?

3 - Onde estão as competências regionais para assegurar eventuais atribuições por via das referidas Leis e como pretendem grangeá-las uma vez que a média de instrução do funcionários municipais do país é o 6º ano de escolaridade?

Sejam sérios com os cidadãos alentejanos, senhores autarcas, debatam com eles e perguntem-lhes o que pensam, pois o que os senhores pensam já há muito sabemos através dos vossos partidos!